Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Ir para cima

Virus tropical, de Santiago Caicedo. Premio al mejor largometraje en los II Premios Quirino de la Animación Iberoamericana 2019.

Virus tropical, de Santiago Caicedo, ganhou o prémio à melhor longa-metragem; Irmão do Jorel – Seja Brócolis!, de Juliano Enrico, à melhor série; e Guaxuma, de Nara Normande, à melhor curta. Junto com estas, outras seis obras de animação da nossa comunidade foram premiadas nos II Prémios Quirino da Animação Ibero-americana, cuja gala se celebrou no sábado dia 6 de abril no auditório Adán Martín de Santa Cruz de Tenerife. As espanholas Patchwork, de María Manero; La increíble historia del hombre que podía volar y no sabía cómo, de Manuel Rubio, e Black is Beltza, de Fermín Muguruza ganharam como melhor curta-metragem de escola, melhor animação por encomenda e melhor criação de som e música original, respetivamente. A argentina Belisario – El pequeño gran héroe del cosmos, de Hernán Moyano, ganhou como melhor obra inovadora. A chilena La casa lobo, de Cristóbal León e Joaquín Cociña, ganhou o prémio ao melhor desenvolvimento visual. E a co-produção entre o Chile, Brasil, Colômbia e Argentina Puerto Papel – La vida de los otros recebeu o prémio à melhor criação de animação.

Nove obras de animação da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Espanha foram reconhecidas na segunda edição dos Prémios Quirino da Animação Ibero-americana, cuja gala se celebrou no sábado 6 de abril no Auditório Adán Martín de Santa Cruz de Tenerife.

A produção colombiana Virus tropical, primeira obra em longa-metragem de Santiago Caicedo, obteve o prémio na sua categoria. Produzida pelo Timbo Estudio, trata-se de uma adaptação do romance gráfico homónimo de Power Paola, que foi chamado o “Persépolis latino-americano”. Realizado em 2D e cut out a preto e branco, o filme é um coming of age protagonizado por Paola, uma menina que cresce entre Cali e Quito no seio de uma família atípica. O filme teve um extenso percurso por festivais internacionais, incluindo a Berlinale, o Festival de Annecy e o BAFICI, entre outros.

Pelo seu lado, o brasileiro Irmão do Jorel – Seja Brócolis!, de Juliano Enrico (Copa Estudio), foi o merecedor do prémio à melhor série. Orientada para o público infantil e co-produzida com a Cartoon Network, trata-se da primeira animação original que o canal realizou na América Latina. Realizada em 2D e cut out, a série segue as aventuras quotidianas do irmão de Jorel, um menino de nove anos que vive com a sua excêntrica família integrada pelo pai, mãe, três irmãos, duas avós e um cão..

Na categoria de curtas, a vencedora foi Guaxuma da brasileira Nara Normande, uma obra documental em stop motion que combina areia e marionetes, entre outros elementos, para contar uma história sensível e íntima. O trabalho é produzido pela brasileira Vilarejo Filmes e a francesa Les Valseurs e tem tido uma intensa circulação em eventos do mundo inteiro, incluindo Annecy, IDFA, Ottawa e Clermont-Ferrand.

Outras seis produções foram reconhecidas na gala dos Prémios Quirino. As espanholas Patchwork, de María Manero; La increíble historia del hombre que podía volar y no sabía cómo, de Manuel Rubio, e Black is Beltza, de Fermín Muguruza, ganharam como melhor curta-metragem de escola, melhor animação por encomenda e melhor criação de som e música original, respetivamente.

O argentino Belisario – El pequeño gran héroe del cosmos, de Hernán Moyano, obteve o reconhecimento à melhor obra inovadora; o chileno La casa lobo, de Cristóbal León e Joaquín Cociña, foi merecedor do prémio ao melhor desenvolvimento visual; e a co-produção entre o Chile, Brasil, Colômbia e Argentina Puerto Papel – La vida de los otros recebeu o prémio do melhor design de animação.

O júri internacional foi integrado pelo realizador e guionista Alê Abreu, pela diretora de arte de personagens da Pixar Deanna Marsigliese, pelo produtor Gustavo Ferrada, pela diretora de vendas da Sola Media Barbie Heusinger e pela chefe de desenvolvimento da Xilam Animation Marie-Laurence Turpin.

Nesta segunda edição dos Prémios Quirino concorreram 244 obras de 16 países, 25 das quais concorriam como finalistas nas nove categorias dos galardões.

II Premios Quirino de la Animación Iberoamericana 2019. © Premios Quirino.

II Prémios Quirino de la Animaçao Ibero-americana 2019. © Prémios Quirino.

Os Prémios Quirino

Os prémios tomam o nome como homenagem ao criador da primeira longa-metragem de animação da história, o ítalo-argentino Quirino Cristiani, que em 1917 realizou El Apóstol, uma produção argentina na qual foram usados 58.000 desenhos feitos à mão e filmados em 35 mm, além de várias maquetas que representavam edifícios públicos e as ruas da cidade de Buenos Aires.

Os Prémios Quirino, que contam com o patrocínio principal do Cabildo de Tenerife através da Tenerife Film Commission, refletem a aposta decidida que há vários anos se tem feito na animação na ilha. Esta aposta materializa-se também em ações concretas de apoio à florescente indústria local, à participação nos principais mercados internacionais e à promoção da marca Tenerife Isla Cartoon, específica para este setor.

A iniciativa conta também com o patrocínio do ICEX España Exportación e Inversiones, Município de Santa Cruz de Tenerife, Iberia Express, HP, Tangram Solutions, Proexca e Tenerife Espacio de las Artes (TEA); a colaboração do ICAA, AECID, Programa Ibermedia, Fundación Cultural Hispano Brasileña, Embaixada do Brasil, Embaixada de Portugal, Auditorio de Tenerife, Universidade de La Laguna e RTVE; e o apoio da DIBOOS, SAVE, Pixelatl, 3D Wire, Ventana Sur Animation!, La Liga de la Animación Iberoamericana, Tenerife Moda, Annecy Festival e a Universitat Politécnica de Valencia, bem como o das associações: APA – Asociación de Productoras de Animación de Córdoba Argentina; ANIMAR CLUSTER – Cluster Argentino de Animación & VFX; ABCA – Associação Brasileira de Cinema de Animação; Animachi Chile; GEMA Colombia – Grupo de Empresarios de Animación; Gremio de Animadores de Ecuador; ACDMX – Asociación de Creativos Digitales de México; Perú Animación e Casa da Animação de Portugal.

Tags | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Blogroll

    ICAU AECID ANCINE Ministero per i beni e le attività culturali e per il turismo (ITALIA) Centro Costarricense de Producción Cinematográfica CNCINE CNAC ICAIC Consejo Nacional de la Cultura y las Artes Secretaria Ministério do Audiovisual da Cultura Secretaría Nacional de Cultura de Paraguay Dirección General de Cine (DGCINE) – República Dominicana ICA Instituto Mexicano de Cinematografía INCAA Ministerio de Cultura República de Colombia Corporación CINE Puerto Rico Cinemateca Nacional (Nicaragua) DICINE – Dirección General de Cine (Panamá) ADECINE Bolivia Secretaría de Cultura (México) Perú – Ministerio de Cultura

Unidad Técnica Programa Ibermedia, 2013 - Desarrollado por CódigoMedia