Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Ir para cima

Todos los galardonados con los premios de la Industria en el 67º Festival de San Sebastián 2019. Laura Baumeister es la cuarta de la izquierda.

La hija de todas las rabias, uma co-produção da Nicarágua, México, Holanda, França e Alemanha que recebeu o apoio do Ibermedia ao Desenvolvimento (sob o título prévio de Manahuac), obteve três dos prémios do cada vez mais amplo setor da Indústria do Festival de San Sebastián, que terminou mo dia 28 de setembro. Realizado pela nicaraguense Laura Baumeister, o filme obteve o Prémio ao Melhor Projeto do VIII Fórum de Co-produção Europa-América Latina, o Prémio EFADs-CAACI de Co-produção Europa-América Latina e o Artekino International Prize. La hija de todas las rabias narra a história de María, uma menina de onze anos que vive numa enorme lixeira de Manágua. Para María, este sítio é como um parque de diversões onde inventa jogos com cada coisa que encontra. Após envenenar acidentalmente os cachorros que a mãe andava a criar para vender, a menina é levada a uma fábrica de reciclagem para “aprender a trabalhar”. As semanas passam e a mãe não volta para a ir buscar. María, que já travou amizade com outras crianças que trabalham na fábrica, não consegue acreditar que também ela foi abandonada.

*Na imagem, todos os galardoados com os prémios da Indústria no 67.º Festival de San Sebastián 2019. Laura Baumeister é a quarta a contar da esquerda.

Laura Baumeister recibiendo uno los tres premios de la Industria obtenidos en San Sebastián.

Laura Baumeister a receber um dos três prémios da Indústria obtidos em San Sebastián.

A visibilidade internacional que o festival basco proporciona, e nomeadamente os prémios concedidos pela Indústria, irão contribuir para que La hija de todas las rabias reúna os fundos internacionais suficientes para, dentro de pouco, possamos ver o filme estreado em muitos países, a começar pelos que participaram na co-produção.

O filme é uma produção da Felipa Films e Mart Films juntamente com a Halal, Promenades Films e Heimat Film. Por ele, Laura Baumeister já recebeu antes o Wouter Barendrecht Award do Festival Internacional de Cinema de Roterdão (IFFR), que é concedido a realizadores jovens com um máximo de três trabalhos no seu percurso.

Em 2017 o filme também foi selecionado – na qualidade de projeto – para a sexta Oficina de Projetos Cinematográficos da América Central e Caraíbas (VI TPCCC, realizado nesse ano em El Salvador) que o Programa Ibermedia organiza em conjunto com a Conferência das Autoridades Audiovisuais e Cinematográficas Ibero-americanas (CAACI), com o apoio da AECID.

La hija de todas las rabias, como Baumeister diz, “é um filme sobre a resiliência” que muitos latino-americanos estão obrigados a desenvolver para seguir em frente na dura realidade dos seus países. Neste caso, tratando-se de uma criança, uma resiliência que consiste basicamente em “recorrermos à nossa força interior, ao nosso mundo fantástico”.

Postal de La hija de todas las rabias, de Laura Baumeister.

Postal de La hija de todas las rabias.

Tags | , , , , , , , , , , , , ,

Blogroll

    ICAU AECID ANCINE Ministero per i beni e le attività culturali e per il turismo (ITALIA) Centro Costarricense de Producción Cinematográfica CNCINE CNAC ICAIC Consejo Nacional de la Cultura y las Artes Secretaria Ministério do Audiovisual da Cultura Secretaría Nacional de Cultura de Paraguay Dirección General de Cine (DGCINE) – República Dominicana ICA Instituto Mexicano de Cinematografía INCAA Ministerio de Cultura República de Colombia Corporación CINE Puerto Rico Cinemateca Nacional (Nicaragua) DICINE – Dirección General de Cine (Panamá) ADECINE Bolivia Secretaría de Cultura (México) Perú – Ministerio de Cultura

Unidad Técnica Programa Ibermedia, 2013 - Desarrollado por CódigoMedia