CFAH
Image default

‘Por un tiempo’ inaugura a Mostra

A estreia mundial de Por un tiempo, filme realizado pelo conhecido ator argentino Gustavo Garzón, inaugurou a 19.ª edição da Mostra de Cinema Llatinoamericà de Catalunya. Garzón, conhecido pelas suas interpretações em filmes como Roma, de Adolfo Aristarain, filmou uma história sobre a paternidade voluntária e involuntária.

[:]

Por un tiempo
Por un tiempo, cartel

Gustavo Garzón demorou quase uma década a escrever o argumento de Por un tiempo. Embora tivesse escrito para teatro e televisão, basicamente a sua experiência cinematográfica situava-o diante do olhar do espetador à frente da câmara, com quase vinte filmes no seu currículo de ator. Mas isto só aconteceu até ao ano passado. A sua história sobre um futuro pai de família que, enquanto espera pelo primogénito, descobre que também tem uma filha de doze anos fruto de um velho relacionamento passageiro, marca a sua interessante estreia na realização. Por un tiempo é uma coprodução argentino-uruguaia, apoiada pelo Ibermedia, que conta com a atuação de Esteban Lamothe (El estudiante), Ana Katz (El juego de la silla), Fernando Amaral (Norberto apenas tarde), Mirella Pascual (Whisky) e a surpreendente e também estreante Mora Arenillas (filha do ator Fabián Arenillas) no papel da filha pré-adolescente. O filme deu o sinal de partida à mostra de cinema latino-americano que se celebrou em Lérida, na Catalunha, de 12 a 19 de abril e que contou com a presença do próprio Garzón, tendo obtido no palmarés final o terceiro lugar do Prémio do Público.

Gustavo Garzón - © Trivial Media© Trivial Media© Trivial Media© Trivial Media© Trivial Media

Este sitio web utiliza cookies para mejorar su experiencia. Asumiremos que está de acuerdo con esto, pero puede optar por no participar si lo desea. Aceptar Leer más

Política de cookies y privacidad