CFAH
Image default

O Ibermedia completa 20 anos e comemora em Málaga os seus 2396 projetos beneficiados e mais de 1600 filmes já estreados

O Programa Ibermedia de apoio à formação, ao desenvolvimento e à co-produção do audiovisual ibero-americano fez 20 anos e comemorou em grande no Festival de Málaga. A secretária executiva da Conferência das Autoridades Audiovisuais Cinematográficas Ibero-americanas (CAACI), Adelfa Martínez, salientou que em todo este tempo o Ibermedia investiu 93 milhões de dólares (cerca de 75 milhões de euros) em todas as linhas de apoios, “o que se traduz em 2396 projetos beneficiados e mais de 1600 filmes estreados, com ajuda indireta a 2000 empresas e a mais de 10000 profissionais da produção e da gestão empresarial”. A máxima autoridade da CAACI referiu também que os novos desafios do Programa passam por responder “ao desafio de reconstruir e fortalecer os nossos públicos” e consolidar as cinematografias pequenas e médias como as do Peru, Paraguai, Equador ou Bolívia, bem como por incentivar “a criação de conteúdos para públicos infantis e juvenis” e apostar na formação audiovisual.

[:]

O início das comemorações dos 20 anos do Ibermedia teve o melhor enquadramento possível: a 21.ª edição do Festival de Málaga. Cine en Español. Aqui, no Teatro Cervantes da cidade andaluza, Adelfa Martínez colocou particular ênfase em referir o grande contributo do Programa para a unidade do setor audiovisual ibero-americano. “Nestes 20 anos, os cineastas ibero-americanos não só aprenderam a fazer coisas juntos, como as coisas juntos ficam melhor”, disse entre aplausos.

Na apresentação do aniversário do Ibermedia participaram também o diretor-geral do Instituto de Cinematografia e das Artes Audiovisuais de Espanha (ICAA), Óscar Graefenhain, e o diretor do Festival de Málaga. Cine en Español, Juan Antonio Vigar.

“A Ibero-América tem uma maneira particular de contar as suas histórias e, em 1997, na VII Cimeira Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo celebrada na Ilha Margarita, na Venezuela, foi aprovada a criação do Programa Ibermedia”, lembrou a secretária executiva da CAACI. Um Programa, acrescentou, que faz parte das políticas audiovisuais da Conferência das Autoridades Audiovisuais e Cinematográficas Ibero-americanas.

Desde que o logo do Ibermedia apareceu pela primeira vez em 1998, o Programa lançou 26 convocatórias que contribuíram com 93 milhões de dólares para o desenvolvimento e a realização de 2396 projetos e mais de 1600 filmes estreados, bem como para exibir 298 filmes e emitir 416 títulos nas televisões públicas da América Latina. Também concedeu 3428 bolsas de formação em todos os países da comunidade ibero-americana.

“A Ibero-América é uma comunidade cultural que, na sua diversidade, partilha visões e formas de contar histórias”, insistiu Martínez. “É o que nos tem permitido trabalhar neste espaço”.

Como se sabe, o Ibermedia é um programa de estímulo cuja missão é trabalhar para o fortalecimento do espaço audiovisual ibero-americano através de apoios financeiros e através de convocatórias que estão abertas a todos os produtores independentes de cinema dos países integrantes da América Latina, Espanha, Portugal e a recentemente integrada Itália.

O Ibermedia apoia o desenvolvimento e a co-produção de filmes de ficção, documentários e de animação realizados na nossa comunidade, integrada por vinte e um países: Argentina. Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Chile, Cuba, Espanha, Equador, Guatemala, Itália, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

VISIBILIDADE AO CINEMA FEITO POR MULHERES

Uma das maiores conquistas do Ibermedia foi “dar visibilidade às cineastas e mulheres profissionais do audiovisual, bem como o progressivo aumento de realizadoras, produtoras, guionistas, empresárias cinematográficas e formadoras do talento emergente nas escolas e oficinas que fortalecem e multiplicam a atividade do setor no espaço ibero-americano”, disse também Adelfa Martínez.

Esta visibilidade “começa a tornar-se mais notória a partir do ano de 2009, uma década após o Ibermedia lançar a sua primeira convocatória. Assim, em 2018, podemos verificar com satisfação que o número de filmes realizados por mulheres tem crescido até atingir o número de 181, tanto em ficção como em documentário e animação, o que representa, nestes 20 anos, 23% dos 787 projetos apoiados pelo Programa”.

O aumento da presença feminina tanto na parte criativa como na empresarial tem que ver com a implementação dos sistemas digitais e com a democratização, graças ao aumento de possibilidades, do acesso à realização e aos novos formatos de ecrã que têm aparecido no meio. Mas não só está relacionado com isto, como também com o facto de, quanto mais mulheres participarem no processo criativo, profissional e empresarial da indústria, mais mulheres se irão somando.

UMA MOSTRA COM OS 20 FILMES MAIS REPRESENTATIVOS

Como parte das celebrações dos 20 anos do Ibermedia, Adelfa Martínez indicou também que a CAACI aprovou a realização de uma mostra de vinte dos filmes mais representativos apoiados pelo Programa, que respondam a critérios de qualidade, popularidade e representatividade territorial.

Para alcançar este objetivo, foram selecionadas três curadoras de grande prestígio e percurso profissional: Alicia Morales, diretora do Festival de Cinema de Lima;  Andrea Stavenhagen, co-diretora da oficina Morelia LAB, e Violeta Bava, programadora do Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires.

Os vinte filmes serão apresentados num vídeo que irá contar com a participação de artistas e criadores das diferentes áreas da cultura ibero-americana, como os atores Sonia Braga ou Ricardo Darín, escritores como Almudena Grandes ou Santiago Roncagliolo, e músicos como Susana Baca, Carlos Vives ou Fito Páez.

Contenidos relacionados

‘¡Es la Luna!’, ‘El secreto del mal’, ‘Libertinas’, ‘Pájaro sagrado’ y todos los proyectos premiados en FantasoLab

Ibermedia

Seis películas apoyadas por Ibermedia compiten en el 26º Festival de Cine de Lima

Ibermedia

Recordatorio de fechas para participar en Blood Window Lab (26 de agosto) y Blood Window Screenings (12 de septiembre)

Ibermedia

Siete cintas iberoamericanas candidatas a Mejor película extranjera en el Festival de Cine de Gramado

Ibermedia

Películas de Argentina, Brasil, Costa Rica y Portugal en el Festival de Locarno

Ibermedia

Anabel Rodríguez Ríos dictará tres charlas magistrales a propósito de la multipremiada ‘Érase una vez en Venezuela’

Ibermedia

Hasta el 19 de agosto hay tiempo para presentar proyectos de largometraje y series a Animation! de Ventana Sur

Ibermedia

‘O lobo solitário’, ‘Perpetua felicidad’ y ‘Farrucas’ triunfan en el Festival Ibérico de Cine de Badajoz

Ibermedia

La Residencia del Festival de Annecy para proyectos de animación anuncia su convocatoria, abierta hasta el 9 de septiembre

Ibermedia

El 1 de agosto finaliza el plazo para acreditarse e inscribir proyectos en Iberseries & Platino Industria

Ibermedia

Del 22 de julio al 7 de agosto, EQUAL Film Fest, el Festival Internacional de Cine por la Inclusión

Ibermedia

ARCA, Artistas en Residencia Cabo de Hornos, se internacionaliza en su cuarta edición

Ibermedia