Image default

Espanha, Brasil, Colômbia e Portugal destacam-se na lista dos vencedores dos Prémios Quirino, celebrados com uma grande gala virtual

Os Prémios Quirino de animação ibero-americana anunciaram as obras vencedoras de sua terceira edição em uma cerimônia de entrega virtual que também marcou o encerramento do chamado Mês Quirino.

O longa-metragem espanhol Klaus, a série brasileira Tainá e os guardiões da Amazônia e o curta-metragem colombiano El Párajocubo foram reconhecidos nas respectivas categorias dos prémios, que celebraram sua terceira edição neste formato inovador graças ao patrocínio principal da Prefeitura de Tenerife através da Tenerife Film Commission.

Além disso, outras seis obras provenientes da Argentina, Espanha e Portugal foram reconhecidas como melhor curta-metragem de escola, melhor animação por encomenda, melhor animação de videogame, melhor desenvolvimento visual, melhor design de animação, melhor desenho de som e música original.

O espanhol Sergio Pablos debutou na direção com Klaus, obra que foi definida como um retorno à animação tradicional. Produzido pelas madrilenhas The Spa Studios e Atresmedia Cine para Netflix, o filme parte da lenda de Papai Noel para contar a história de um carteiro que deixa o Círculo Polar Ártico para abrir uma repartição de correios. Anteriormente, o filme foi premiado nos Prémios Annie e BAFTA, além de ser um dos finalistas na categoria Melhor filme de animação na última edição do Oscar. A estreia deste animador e roteirista, criador de filmes como Gru, mi villano favorito ou Smallfoot, também foi reconhecida com o prêmio Quirino ao Melhor design de animação.

Por sua vez, Tainá e os guardiões da Amazônia, coprodução entre as brasileiras Hype Animation e Sincrocine Produções dirigida por André Forni- foi reconhecida como a melhor série de animação. Dirigida ao público pré-escolar, esta série que combina animação em 3D e 2D tem como protagonista Tainá, uma menina órfã da selva amazônica que, acompanhada por seus amigos animais, protege a vida silvestre e a rica biodiversidade de seu hábitat. A série é uma adaptação de uma trilogia de sucesso em live-action e foi estreada internacionalmente pelo canal Nickelodeon e pela plataforma Netflix.

Na categoria de curtas-metragens, o vencedor foi o colombiano El Pájarocubo, dirigido por Jorge Alberto Vega e produzido por La Valiente Estudio e Cintadhesiva Comunicaciones, com a produção associada de Animaedro. Animado em stop motion, o filme é uma adaptação do livro de mesmo nome de Marcos Mas, cujo protagonista, Pedro, é um pássaro que vive em uma gaiola e está disposto a romper suas amarras para conquistar a liberdade. A obra foi selecionada em diversos festivais internacionais e recebeu o prêmio ao Melhor curta-metragem animado colombiano em Bogoshorts 2019.

Um Mês Quirino online

A terceira edição dos Prémios Quirino estava prevista para ser celebrada no último dia 18 de abril em Tenerife, mas teve que modificar sua data e seu formato como consequência da pandemia do coronavírus.

A ilha esteve presente em toda a cerimônia com algumas de suas paisagens mais emblemáticas e com a participação de profissionais e empresas de animação que concorrem entre os finalistas. Como prólogo da cerimônia, foi feita uma photocall animada na qual diversas personalidades do setor desfilaram virtualmente pelo tapete roxo dos Quirino, junto com os diretores e as diretoras finalistas.

A animação portuguesa, uma das grandes protagonistas desta edição dos Quirino, depois de conquistar dez indicações, ficou com os prémios ao Melhor curta-metragem escolar e Melhor desenho de som e música original (Nestor, de João Gonzalez) e ao Melhor desenvolvimento visual (O Peculiar Crime Do Estranho Sr. Jacinto, com direção de Bruno Caetano).

A lista de vencedores desta terceira edição dos Prémios Quirino completou-se com os prémios à Melhor animação por encomenda, entregue a Mate?, uma coprodução entre a Argentina, a Bolívia, o Brasil, o Chile, o Paraguai e o Uruguai, dirigida e produzida por Buda.tv, e com o prêmio à Melhor animação de videogame dado a Gris, uma produção da espanhola Nómada Studio dirigida por Conrad Roset.

As obras vencedoras foram eleitas por um júri internacional entre 219 trabalhos de 17 países recebidos na convocação. Participaram desse júri o colombiano Alfredo Marun (diretor de Desenvolvimento na Disney Television Animation), a polonesa Anja Franczak (produtora criativa em Human Ark), o salvadorenho Simon Vladimir Varela (designer de Produção e artista de Desenvolvimento Visual para vários estúdios, incluindo Pixar, Disney, Warner Bros, Sony Animation, Fox e Universal), a estadunidense Vera Verba (gerente do Canal YouTube de Sesame Workshop) e a francesa Véronique Encrenaz (diretora de MIFA Annecy).

Esta cerimônia encerra assim o Mês Quirino, cujo intenso programa de atividades também incluiu o Fórum de Coprodução e Negócios. Organizado com a colaboração de ICEX, Animation From Spain e PROEXCA, esta plataforma profissional teve a participação de uma centena de empresas de 19 países que realizaram mais de 800 reuniões B2B. Ao longo de todo um mês, representantes de canais, distribuidoras e produtoras tiveram a oportunidade de conhecer diferentes projetos oriundos dos 23 países da região ibero-americana.

Contenidos relacionados

8° LabGuion en Colombia: “Vine con un guión; me voy con la sensación de que tendré un buen guión”

Ibermedia

El 8º Laboratorio Internacional de Guión en Colombia abre sus master classes al público

Ibermedia

El BID y los Premios Quirino organizan el primer Festival de Animación Sobre Discapacidad

Ibermedia

La colombiana Maritza Blanco gana el FAM 2020 con ‘La pesca del atún blanco’

Ibermedia

O 2º Anima Ceará – Festival Nordestino de Cinema de Animação, Game e Web será realizado no período de 5 a 9 de novembro

Ibermedia

WIP Latam presenta con el apoyo de Ibermedia seis películas de Argentina, Colombia, Paraguay y Uruguay en San Sebastián

Ibermedia

Este sitio web utiliza cookies para mejorar su experiencia. Asumiremos que está de acuerdo con esto, pero puede optar por no participar si lo desea. Aceptar Leer más

Política de cookies y privacidad