Image default

PRIMEIRO ENCONTRO IBERO-AMERICANO DE CINEASTAS EMERGENTES. NO LAGO DE ATITLÁN, GUATEMALA

A Casa Comal Arte y Cultura de Guatemala, a Unidade de Cinema do Ministério da Cultura e Desporto da Guatemala e a Federación de Escuelas de la Imagen y el Sonido de Latinoamérica irão realizar, com o apoio do Programa Ibermedia, o Primeiro Encontro Ibero-americano de Cineastas Emergentes 2019. O Encontro irá realizar-se de 8 a 15 de novembro no Lago de Atitlán, Guatemala, que coincide com o XXII Ícaro, Festival Internacional de Cinema na América Central. Serão concedidas 50 bolsas para 20 participantes do país anfitrião (Guatemala) e 30 bolsas para os restantes países ibero-americanos mais Itália. A convocatória estará aberta até domingo dia 30 de junho de 2019.

[:]

Num esforço comum, as entidades organizadoras decidiram realizar este Primeiro Encontro com o objetivo de favorecer o início de uma rede entre jovens cineastas que lhes proporcione as ferramentas necessárias para integrarem a indústria cinematográfica ibero-americana.

A bolsa para os participantes consiste no pagamento da inscrição e num apoio de até US$ 200 para o transporte aéreo ou terrestre dependendo do país de origem, o alojamento e a alimentação para os oito dias de duração do Encontro. Também será concedido um Diploma de participação.

O encontro será organizado em três módulos, em sintonia com os objetivos do programa de formação do Ibermedia:

  1. Novos meios e novas tecnologias: Programas de formação e de ligação de profissionais emergentes à indústria audiovisual, no campo de técnicas de escrita de guião, produção, pós-produção e distribuição para novas plataformas. 15 vagas.
  2. Gestão económica, comercial e legal numa perspetiva ibero-americana: Promoção e Marketing, Marketing e Publicidade, Vendas e Distribuição, Produção Criativa, Direito de propriedade intelectual, Gestão legal e Financeira. 20 vagas.
  3. Desenvolvimento de projetos: Avaliação de projetos desde a produção, pós-produção, promoção e comercialização de casos concretos, através de aconselhamento e assistência profissional prática. 15 vagas.

Serão dadas palestras e seminários comuns aos três grupos integrados num único acerca de:

  1. Fundos públicos e mistos nos países ibero-americanos que favoreçam a co-produção.
  2. Os mercados internacionais do cinema e do audiovisual.
  3. Novas janelas de exibição.
  4. Direitos de propriedade intelectual. Estudo de casos.

Os módulos serão lecionados por Ignacio Rey e Gabriel Salcedo (Argentina), Diana Vargas (Colômbia/Estados Unidos), Daniel de la Vega (Chile), Carlos Moreno, Andrés Porras e Ana Maria Pulido (Colômbia), Rafael Rosal e Elías Jiménez (Guatemala).

Requisitos:

  • A ou o participante deverá ser estudante do último ano de cinema ou jovem cineasta emergente em ativo.
  • Deverá enviar os links de duas (2) obras audiovisuais em que tenha participado.
  • Apresentar a ideia de um projeto audiovisual, ficção ou documentário (máximo uma página).
  • Apresentar uma carta de motivação em que explique por que considera que deve ser selecionado como um dos bolseiros (máximo uma página).

Mais informações e acesso ao formulário de pré-inscrição em: escueladecinecasacomal.com

Contenidos relacionados

‘Las niñas’ vuelve a las salas de cine tras sus 9 nominaciones a los Goya

Ibermedia

Juan Carlos Tabío se lleva una parte de nosotros

Ibermedia

Anunciamos as datas da Convocatória 2021!

Ibermedia

‘Las niñas’, de Pilar Palomero, mejor película en los Premios José María Forqué

Ibermedia

Cine en Construcción, asociado con los festivales de Lima y Toulouse, recibe proyectos en fase de post-producción

Ibermedia

Una selección de las mejores películas latinoamericanas del 2020 con sabor a Ibermedia

Ibermedia

Ibermedia

Ibermedia

Talents Buenos Aires 2021. Convocatoria abierta hasta el viernes 15 de enero

Ibermedia

‘Liborio’, ópera prima del dominicano Nino Martínez Sosa, se estrenará en el IFFR de Róterdam

Ibermedia

Maura Delpero recibe el premio Jeunes Talents Women In Motion por su película ‘Hogar’

Ibermedia

“Hablamos desde un lugar muy poco visto en el cine hecho por hombres”. Heidi Hassan y Patricia Pérez, directoras de ‘A media voz’

Ibermedia

Este sitio web utiliza cookies para mejorar su experiencia. Asumiremos que está de acuerdo con esto, pero puede optar por no participar si lo desea. Aceptar Leer más

Política de cookies y privacidad